players

Municípios com nota baixa no Ideb terão acompanhamento do TCE

- 09/03/17 às 15:07h

O colegiado do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) aprovou no Pleno desta quinta-feira, 9, propositura da conselheira Susana Azevedo, vice-presidente do órgão, no sentido de desenvolver um projeto de acompanhamento educacional junto a 11 municípios que apresentaram baixo desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Conforme ficou definido, dentre os sete conselheiros, cinco irão coordenar a ação junto aos dois municípios com piores resultados educacionais nas suas respectivas áreas de controle e inspeção. As exceções são o conselheiro Ulices Andrade, que cuidará apenas da capital sergipana, e o conselheiro Clóvis Barbosa, que por estar na presidência não relata processo.

"Nosso intuito será o de aprimorar o conhecimento dos gestores acerca do trato com a coisa pública, assim como auxiliar as administrações com mecanismos de gestão que venham a otimizar os gastos de forma a proporcionalizar melhores resultados educacionais", explicou a conselheira.

De acordo com a vice-presidente do Tribunal, o trabalho contará com a expertise e contribuição voluntária do Professor Doutor José Fernandes de Lima, além da participação do procurador-geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello. A primeira reunião acerca do tema ocorrerá já na próxima segunda-feira, 13.

A perspectiva é que as ações tenham rápido início, "com vistas a alcançar os resultados antes do final de cada gestão municipal, uma vez que os resultados educacionais somente são perceptíveis a médio e longo prazo", acrescentou Susana Azevedo.

por TCE-SE, ascom




últimas notícias