JORNAL DA CAPITAL
Alex Henrique
players

Maria Mendonça Destaca Avanço em Audiência sobre o Hospital S. José

A deputada Maria Mendonça (PP) destacou os avanços registrados hoje (30, em favor do Hospital São José, em Aracaju, durante reuniões ocorridas no Ministério Público do Estado (MPE), da qual participaram, também, representantes do Hospital, da Secretaria M

Sergipe - 04/05/16 às 10:34h

A deputada Maria Mendonça (PP) destacou os avanços registrados hoje (30, em favor do Hospital São José, em Aracaju, durante reuniões ocorridas no Ministério Público do Estado (MPE), da qual participaram, também, representantes do Hospital, da Secretaria Municipal da Saúde e do Ipesaúde. “Foi bastante proveitosa, pois saímos de lá com algumas definições importantes e que garantem a manutenção dos serviços daquela unidade de saúde que presta relevante atendimento aos sergipanos”, comemorou a deputada.

Na reunião, conduzida pelo promotor Antônio Forte de Souza Júnior, da Promotoria Especializada dos Direitos à Saúde, uma das decisões concensuadas, ressaltou Maria Mendonça, diz respeito ao pagamento por parte do Ipesaúde de R$ 1,5 milhão. Desse valor, R$ 300 mil já serão repassados nesta quarta-feira (4) e o restante até o próximo dia 12. Ficou definida, também, a retomada do atendimento aos usuários do plano, cujo acolhimento estava suspenso por conta do débito.

Foi concedido, também, um prazo de 72 horas à representante da Prefeitura de Aracaju para que possa combinar com o gestor da pasta uma data para repassar ao Hospital os cerca de R$ 2 milhões devidos. Anteriormente, o gestor havia revelado o desejo de repassar metade desse valor até o final do mês, mas diante das dificuldades e da possibilidade de suspensão do atendimento a pacientes encaminhados pelo município, estabeleceu-se novo encaminhamento, no sentido de antecipar pelo menos parte do valor.

Valor divergente – Como o Ipesaúde só reconhece uma dívida estimada de algo em torno de R$ 2,5 milhões (R$ 4,5 milhões a menos que o calculado pela direção do Hospital), ficou consensuado que o Ministério Público colocará um técnico à disposição do Hospital para que em, no máximo 20 dias, tenha-se verificado o real montante devido. “Tanto o Ipes quanto o Hospital darão celeridade a esse processo para que, o mais breve possível, essa situação seja resolvida definitivamente”, afirmou Maria Mendonça.

Para ela, depois de várias conversas e apelos, hoje efetivamente, as conversas avançaram e sinalizaram para uma definição que não imponha mais prejuízos aos trabalhadores e, principalmente, aos pacientes que carecem do atendimento. “Torcemos que o bom-senso prevaleça e que tudo se resolva. Vamos continuar acompanhando e atuando na expectativa de que haja um desfecho satisfatório para os sergipanos”, pontuou a deputada.

 

Por ascom parlamentar Dep. Maria Mendonça – Kátia Santana




últimas notícias