Especial do Artista
Especial do Artista
players

468 casos de Dengue este ano em Sergipe

Em 2016, até agora, foram notificados 468 casos de Dengue, com taxa de incidência de 20,87/100.000hab. O município que apresentou mais casos foi Itabaianinha com 143 ocorrências e incidência de 345,38/100.00 habitantes.

Brasil - 15/02/16 às 08:34h

O Dia Nacional de Mobilização Zika Zero, de combate ao mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir Dengue, Chinkungunya e o Zika vírus, chegou a Sergipe neste sábado, 13, e em sua abertura contou com a presença do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, e do governador em exercício, Belivaldo Chagas, que estiveram presentes na sede do 28° Batalhão de Caçadores (BC). A ação, organizada pelo Governo Federal e coordenada pelo Exército, tem como objetivo orientar a população sobre como se prevenir contra o mosquito e eliminar seus focos. Para isso, foram destinados para cinco municípios (Aracaju, Itabaiana, Lagarto, Estância e Nossa Senhora da Glória) 526 militares. Participam também 67 membros da Marinha e 40 da Aeronáutica. Para Aracaju são 493 integrantes do Exército, além do efetivo das demais Forças Armadas.

Para o ministro Gilberto Occhi, a ação deste sábado é uma continuidade às iniciativas que já foram implementadas no sentido de combater o mosquito. “O Dia Nacional Zika Zero está voltado para atuação das Forças Armadas, que se aliam a equipes de agentes de saúde e endemias e ainda aos profissionais dos municípios e Estado que já estavam trabalhando. Estamos atuando em uma ação de conscientização e mobilização da população brasileira e esperamos que possamos sensibilizá-la da importância de manter limpos locais que possam se tornar foco de criação do Aedes”.

Novas ações

Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, haverá uma nova ação de combate ao foco dos mosquitos com a participação de 50 mil militares que estão sendo treinados para atuar nas regiões a serem indicadas pelas prefeituras e pelo Ministério da Saúde. Essa ação será de combate ao mosquito, e não apenas de orientação, e deverá incluir a aplicação de larvicidas e inseticidas.

Em Sergipe, já foram notificados 180 casos de microcefalia em 46 municípios. Foram 158 em 2015 e 22 em 2016. Aracaju registra 45 ocorrências, seguida por Nossa Senhora do Socorro, com 18, e Itabaiana com 13 casos.

Zika

Até 05 de fevereiro de 2016, foram coletadas e enviadas para o Laboratório de Referência Nacional, 682 amostras de casos suspeitos de Febre Zika. Até o momento, há resultado de 124, nas quais não foi detectado o Zika vírus, e as demais ainda aguardam resultados. 191 amostras foram coletadas em Aracaju, 76 em Canindé e 42 em Nossa Senhora das Dores. 

ChikungunyaChikungunya

No final de 2013, foi registrada a transmissão autóctone da Febre Chikungunya em vários países do Caribe, e, em 2014, foram confirmados casos autóctones no Brasil e em vários países do continente americano. Nesse mesmo ano em Sergipe, foram colhidas 68 amostras de casos suspeitos da doença e encaminhadas para o Laboratório de Referência Nacional, sendo apenas uma amostra reagente no mês de outubro, tratando-se de caso importado de Feira de Santana (Bahia).

Em julho de 2015, foi identificada a primeira amostra reagente autóctone, em Aracaju. Desde então, já foram confirmados laboratorialmente 194 casos em 30 municípios. Aracaju (31), Nossa Senhora das Dores (23) e Laranjeiras (19) concentram o maior número de ocorrências.

Dengue

Em 2016, até agora, foram notificados 468 casos de Dengue, com taxa de incidência de 20,87/100.000hab. O município que apresentou mais casos foi Itabaianinha com 143 ocorrências e incidência de 345,38/100.00 habitantes.




últimas notícias